ARQUIVO
Notícias
 

Novo Modelo de Apoio às Artes: Comunicado Conjunto CENA, Plateia, Rede, STE
há 125 semanas

No passado dia 15 de março foi enviado ao Ministério da Cultura, à Secretaria de Estado da Cultura, à Direção-Geral das Artes e a todos os Grupos Parlamentares um Comunicado Conjunto da iniciativa do CENA, da PLATEIA, da REDE e do STE. No mesmo dia foi também formalmente solicitada uma audiência com a presença do Sr. Ministro da Cultura, do Sr. Secretário de Estado, da Sra. Diretora-Geral das Artes e representantes das quatro estruturas que deram forma à iniciativa.

Pontos de Consenso relativamente a um Novo Modelo de Apoio às Artes é o título do Comunicado que alerta para a necessidade de um sistema que responda de forma mais eficaz, mais acessível e mais transparente aos desafios atuais da realidade artística e ao dever constitucional de assegurar condições para a criação e fruição cultural plural em todo o território.

Como garantia destas condições, considera-se fundamental o princípio da independência, ao qual subjazem todas as propostas descritas no Comunicado Conjunto, valorizando a liberdade e a expressão democrática. 

O documento apresenta propostas que partem de ideias representativas e consensuais dentro das referidas estruturas e dos contactos mantidos nos últimos anos com o meio em que desenvolvem a sua atividade. Esta iniciativa tem como finalidade exprimir um consenso em torno de princípios base e contribuir ativamente para a construção de um Novo Modelo de Apoio às Artes, demonstrando que o sector está disponível para cooperar no desenvolvimento de melhores condições para as Artes.

Hoje, dia 20 de março, o Comunicado Conjunto é tornado público e divulgado nas redes sociais e outros suportes das estruturas referidas, conjuntamente com um selo de incentivo à manifestação pública através de textos livres sobre o Futuro do Apoios às Artes. (ver em baixo)

Pretende-se um envolvimento mais alargado e ativo do sector na inciativa, mas também uma maior consciencialização da sociedade para a importância do apoio e do desenvolvimento das Artes em Portugal.

LEIA AQUI O COMUNICADO