ARQUIVO
Notícias
 

PLURAL: Caderno reivindicativo aprovado e Delegado Sindical eleito
há 10 semanas
7 de Junho de 2018 fica marcado para a organização dos trabalhadores do Grupo Plural como o dia de aprovação do seu Caderno Reivindicativo (CR) e de eleição de Delegado Sindical. 
Horários, salários, segurança, combate à precariedade e formação são os pontos mais importantes deste caderno.
 
Este CR será um importante instrumento de trabalho para todos os trabalhadores dos quadros da empresa mas também para os freelancers. Horários, salários, segurança, combate à precariedade e formação são os pontos mais importantes deste caderno e que abrangem todos os trabalhadores da empresa. 
 
É necessário acabar com as jornadas de trabalho de 12h, é necessário aumentar os salários, é necessário estabelecer regras claras para a contratação de freelancers e aumentar o número de trabalhadores no quadro da empresa, para que funções permanentes sejam desempenhadas por trabalhadores com contratos de trabalho sem termo. 
 
O Diogo Ramalho, como delegado efectivo e o Pedro Moreira, como delegado suplente, são agora os representantes dos trabalhadores na empresa. Este passo é decisivo para iniciar um caminho seguro na estruturação cada vez mais atenta, activa e informada do Sindicato e dos trabalhadores nos problemas da empresa e na apresentação de propostas e negociação com o Conselho de Administração.
 
Estamos seguros de que estes passos ajudarão a inverter o caminho de perda de direitos nesta empresa e, com isso, ajudarão a desenvolver e a melhorar os conteúdos televisivos ali produzidos, como as telenovelas e alguns programas de entertenimento da TVI.  
 
E amanhã, 9 de Junho, os trabalhadores da Plural estarão presentes na Manifestação Nacional da CGTP-IN, porque as 12h de trabalho diário na Plural não são ficção!