ARQUIVO
Notícias
 

A contagem do tempo de serviço não é negociável
há 11 semanas
Nos últimos meses temos assistido à tentativa clara de tentar retirar a razão a uma reivindicação justa, clara e que configura um direito que deve ser inalienável a todos os trabalhadores: a contagem exacta do tempo de serviço. 
 
O foco principal deste ataque têm sido os professores. O CENA-STE, que representa vários trabalhadores das artes do espectáculo e do audiovisual que também leccionam em diferentes graus de ensino, deixa aqui a sua solidariedade para com esta classe profissional. 
E porque ao contrário do que muitas vezes se tentar passar, esta não é uma reivindicação exclusiva dos professores, também os trabalhadores da Saúde, Segurança, Justiça e Defesa, se encontram na mesma situação e, naturalmente, o nosso voto de solidariedade a eles se estende. 
 
Hoje, dia em que se inicia a 2ª fase de descongelamento das progressões, e como prova da transversalidade desta reivindicação, lembramos que vários trabalhadores do OPART, E.P.E., continuam a ter a sua carreira congelada, situação que esperamos ver desbloqueada durante o mês de Outubro e também aqui a exigência é clara: que a contagem do tempo de serviço para efeitos de carreira seja contabilizada sem deixar um único dia para trás.