ARQUIVO
Notícias
 

Técnicos da Fundação Centro Cultural de Belém em greve
há 5 semanas
Técnicos da Fundação Centro Cultural de Belém em greve
 
A partir do dia 1 de Novembro, os técnicos da Fundação Centro Cultural de Belém (FCCB), iniciam um período de greve por tempo indeterminado ao trabalho suplementar (horas extraordinárias). 
 
Depois de vários anos de utilização abusiva da figura do trabalho suplementar, o que fez com que vários técnicos tenham já intentado uma acção em tribunal contra a FCCB, decidiram estes trabalhadores avançar para esta forma de luta numa demonstração clara de unidade e de que não é possível continuar a permitir que toda a actividade regular da FCCB se baseie em trabalho suplementar. 
 
Na FCCB - como noutros locais de trabalho do sector - é essencial avançar para um cenário laboral em que o trabalho suplementar sirva para suprir necessidades imprescindíveis e imponderáveis que possam surgir. 
Tendo em conta a programação bastante preenchida e exigente desta casa, é necessário adequar os recursos humanos ao crescente e intenso ritmo de trabalho.
 
É preciso respeitar os tempos de descanso dos trabalhadores, a sua vida pessoal e familiar e ter em conta que boa parte do seu trabalho exige um enorme esforço físico devido a longas jornadas de trabalho, horários extremamente irregulares e períodos de descanso reduzidos pondo em causa a sua segurança e integridade física.