ARQUIVO
Notícias
 

Novo pré-aviso de greve no Grupo Plural Entertainment
há +148 semanas
Depois de a Administração do Grupo Plural Entertainment (GPE) ter decidido retirar-se das negociações relativas a horários e salários, os trabalhadores decidiram-se por novo período de greve ao trabalho depois das 8h diárias. 
Esta nova greve terá o seu início no dia 18 e decorrerá até dia 31 deste mês e é importante frisar que a mesma foi discutida e votada favoravelmente de forma unânime pelos trabalhadores do GPE presentes nos piquetes de greve da passada semana. 
 
Hoje mesmo informámos a Administração do GPE que continuamos disponíveis para reatar negociações, evitando esta nova paralisação. Consideramos que é ainda possível alcançar um acordo benéfico para as duas partes e corrija as várias injustiças criadas nos últimos anos. Continuamos a considerar que para lá da Administração do GPE, é a própria empresa-mãe, o Grupo Média Capital, que deve ajudar na resolução deste conflito, uma vez que grande parte das suas receitas vem dos conteúdos produzidos pelos trabalhadores do GPE. 
 
O sector do audiovisual e nomeadamente o da produção de conteúdos televisivos, não pode continuar a basear a sua actividade em baixos salários, horários insuportáveis e totalmente desregulados e numa precarização profunda e sistémica dos vínculos laborais. É preciso inverter toda a lógica de relacionamento laboral entre produtoras e trabalhadores. É preciso valorizar o empenho, dedicação e alta especialização destes trabalhadores, responsáveis diariamente por decisões altamente relevantes para que o produto final tenha qualidade. 
 
Tal como vimos afirmando, esta situação não é exclusiva ao GPE, todas as outras produtoras de conteúdos televisivos precisam de alterar a sua realidade laboral. Temos a convicção séria, e que temos transmitido ao GPE, de que a chegada a um bom acordo dentro do GPE e a abertura de novas negociações que vão dando resposta faseada aos pontos do Caderno Reivindicativo apresentado à empresa em Junho, podem transformar o GPE num farol de boas práticas a serem seguidas pelas outras produtoras. 
 
O CENA-STE está já a planear a sua intervenção junto de outras produtoras para que de uma vez por todas exista regulação neste sector, criando também condições de concorrência leal entre as próprias produtoras. 
 
Esta segunda feira, dia 10 de Dezembro, realizaremos o último piquete deste primeiro período de greve onde continuaremos a discutir com os trabalhadores novos passos para esta luta.
 
Na Plural, juntos, criamos condições!