ARQUIVO
Notícias
 

Acordo na Plural: redução de horário e aumentos salariais
há 13 semanas
Acordo na Plural: redução de horário e aumentos salariais
 
Na passada sexta feira, em plenário, os trabalhadores do Grupo Plural Entertainment (GPE) decidiram fechar acordo com a Administração depois de esta ter aproximado a sua proposta às reivindicações dos trabalhadores. 
 
Este acordo prevê:
- a redução gradual do horário máximo de trabalho, devolvendo quase 500 horas por ano aos trabalhadores;
- aumentos salariais escalonados beneficiando os trabalhadores com salários mais baixos;
- que em 2019 as negociações continuarão para que em 2020 e anos seguintes se continuem a recuperar direitos dos trabalhadores e se optimize a necessária reorganização da empresa com o objectivo de atingir as 8h de trabalho diário;
- garantia de que os trabalhadores freelancers não serão prejudicados pela sua intervenção sindical.  

Partiremos agora para uma nova etapa, tanto na Plural como nas restantes empresas, com o objectivo final de alcançar regulamentação para todo o sector. 
 
A luta dos trabalhadores do GPE demonstra que com união, solidariedade, persistência e força, é possível atingir objectivos que parecem inalcançáveis. É certo que este acordo representa um compromisso entre as partes e, do nosso ponto de vista, não faz total justiça a vários anos de horários desregulados e extenuantes e sem aumentos salariais e com condições de trabalho longe das ideais. Mas também é certo que esta conquista é real, fará diferença na vida dos trabalhadores e certamente demonstrará que o audiovisual e particularmente a produção de conteúdos televisivos, não pode viver num mundo à parte das regras laborais do país nem pode continuar a suportar a sua actividade em baixos salários, horários desregulados e em taxas altíssimas de precariedade. 
 
Como bem lembram os trabalhadores da Plural, "juntos, criamos condições!"