BREVES
OPART, E.P.E.: trabalhadores solicitam reunião ao PM; Presidente da empresa na China
Ao segundo dia de greve dos trabalhadores do OPART, E.P.E. à ópera La Bohéme, anunciamos que o CENA-STE irá solicitar uma reunião com o Primeiro-Ministro, Dr. António Costa. E hoje, apesar da situação complexa vivida, o Presidente da empresa decidiu-se por seguir viagem com a comitiva que integrará o Festival de Cultura Portuguesa na China.
Continuamos sem ópera: greve prossegue no OPART, E.P.E.
Depois de ontem o Conselho de Administração do OPART, E.P.E.(CA) e o governo terem decidido suspender as negociações em curso com o CENA-STE, os trabalhadores da empresa, reunidos hoje antes da estreia da ópera La Bohéme, decidiram manter as greves agendadas. Os trabalhadores consideraram que este novo revés é inaceitável visto que neste momento, para que haja acordo total e se inicie a negociação séria e com tempo do Regulamento Interno de Pessoal (RIP), subsiste apenas um ponto, mas que é aquele que originou todo este processo: a harmonização salarial dos técnicos do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) com os da Companhia Nacional de Bailado (CNB) com o compromisso firmado pelos três organismos. Esta manhã, o Presidente da República, Prof. Marcelo Rebelo de Sousa, contactou os representantes sindicais para se inteirar da situação. Durante a tarde o CENA-STE esteve reunido com assessores culturais e jurídicos do seu gabinete e saímos desta reunião com a nítida sensação de que ficou a Presidência com a noção clara da forma pouco ponderada e equívoca com que o CA e o governo geriram toda esta situação.
Hoje não há Ópera: por condições laborais justas; pelo público
Governo e Conselho de Administração continuam sem dar todas as garantias necessárias e de forma taxativa. Greve no Teatro Nacional São Carlos à ópera La Bohème inicia-se esta sexta feira. Até ao seu início continuam o CA e o Governo com todas as possibilidades de, assim o querendo, evitar a greve.
Greve no OPART, E.P.E. mantém-se
Os representantes sindicais do CENA-STE reuniram hoje com o Presidente do Conselho de Administração do OPART, E.P.E. a pedido deste. Perante o que nos foi transmitido, o CA do OPART, E.P.E. e o governo têm agora que, recuperando a confiança dos trabalhadores do OPART, E.P.E., envidar todos os esforços para responder às reivindicações dos trabalhadores de forma ágil, rápida e clara. Será da sua inteira responsabilidade se a ópera "La bohème", o bailado "D.Quixote" e o espectáculos do Festival ao Largo não acontecerem.
Serviços para Sócios
 
Trabalhar num Navio

Formação Trabalhar num Navio

O CENA tem um protocolo de colaboração com a TransporteMaritimoGlobal, responsável pela organização e realização dos Cursos de Formação Trabalhar num Navio. Os associados do CENA beneficiam de 20% de desconto sobre o valor de participação na referida Formação.

Trabalhar em navios de carga ou de cruzeiros, é uma oportunidade que pode e deve considerar. Falamos de um mercado de trabalho internacional compensador, com requisitos particulares em termos sociais e profissionais.

A Formação Trabalhar num Navio tem três objetivos, orientados ao sucesso dos participantes:

- Em primeiro lugar, ensinar e partilhar conhecimento sobre a indústria do transporte marítimo, revelar quais os seus principais intervenientes e os requisitos de acesso profissional, identificar recrutadores e oportunidades de emprego e esclarecer dúvidas sobre as reais condições de vida e de trabalho a bordo de um navio, de carga ou de cruzeiros, em qualquer função;

- Em segundo lugar, identificar os pontos-chave e processos, que potenciam a entrada neste importante segmento de mercado de trabalho, apoiando o desenvolvimento de carreira internacional, através do planeamento de recursos, competências e ações;

- Por último, apoiar a entrada dos formandos no mundo real de trabalho, através das parcerias já estabelecidas, com empresas globais de recrutamento especializado e operadores de navios.

Informação adicional disponível em

www.transportemaritimoglobal.com

Álvaro Sardinha - 91 7020363 - alvarompsardinha@gmail.com


 

EMPREGO

A APORMAR - Agência Portuguesa de Marítimos serve a comunidade de profissionais que trabalham ou que querem trabalhar em navios, promovendo o emprego e o desenvolvimento de carreira profissional. O registo é realizado online em www.apormar.pt , sendo totalmente gratuito.

A Apormar tem já uma série de parcerias com companhias de navios e empresas de recrutamento, nacionais e internacionais, que regularmente emitem convites para trabalho em navios. Estas organizações procuram músicos, profissionais do espetáculo e do audiovisual, oferecendo excelentes condições salariais e de trabalho.

São considerados marítimos todas as pessoas que trabalham a bordo de navios, em qualquer área profissional, incluindo as áreas de hotelaria, turismo, operações de convés e operações de máquinas.