BREVES
3ª Conferência do 1.º aniversário: Relações Laborais na Dança: Profissionalização e Empregabilidade, Desafios e Oportunidades
Decorreu ontem no Teatro Municipal do Porto - Rivoli, a 3ª Conferência do CENA-STE no âmbito das comemorações do 1º aniversário do Sindicato. Tendo como tema as Relações Laborais na Dança: Profissionalização e Empregabilidade, Desafios e Oportunidades, ficou bem patente a necessidade de regular um Estatuto do Bailarino Profissional (inserido no Estatuto geral dos trabalhadores do sector) que atenda a Dança como um todo e de tabelas salariais de referência.
Teatro da Trindade: horas nocturnas não são pagas
Os trabalhadores do Teatro da Trindade/Fundação INATEL, não estão a ser pagos pelas horas nocturnas. Ontem, na estreia do espectáculo "Carmen", o CENA-STE informou o público desta situação. Leia aqui o texto do comunicado.
Intervenção CENA-STE no Plenário de Sindicatos da CGTP-IN
Herlander Valente, dirigente do CENA-STE, leu a intervenção do Sindicato no Plenário de Sindicatos da CGTP-IN de 21 de Junho. Continuaremos o caminho do crescimento e da conquista e defesa dos direitos de todos os trabalhadores das artes do espectáculo e do audiovisual, os contratados sem termo, mas também os contratados a termo, a termo incerto, a recibo verde (falso e verdadeiro) e por todas as outras formas que infelizmente continuam a contribuir para a precariedade geral do sector.
À atenção dos professores do Ensino Artístico
Na sequência de medidas ilegais e intimidatórias assumidas pelo Ministério da Educação com o objectivo de comprometer o direito à greve dos professores, chamamos a tua atenção para uma recomendação do SPGL / FENPROF, que aqui transcrevemos.
Ética profissional
 

O presente código de ética é um conjunto de parâmetros adoptados pela comunidade profissional, que favorece o desenvolvimento sustentado do sector do Espectáculo e Audiovisual e estimula, de forma equilibrada, a progressão das carreiras.

Desta forma, o CENA recomenda:

  1. Zelar pela qualidade do seu desempenho profissional;
  2. Elucidar-se previamente sobre todos os aspectos do trabalho a executar;
  3. Assumir os compromissos contratualmente;
  4. Defender os direitos de autor e direitos conexos, seus e de outros;
  5. Garantir a honestidade e a transparência nas suas acções;
  6. Concorrer com os colegas de forma leal, sem difamar ou prejudicar a moral dos profissionais da sua área;
  7. Respeitar a confidencialidade das informações relacionadas com o trabalho.