ARQUIVO
Notícias
 

Voluntariado nos teatros nacionais D.Maria II e São João
há 370 semanas

Na sequência da denúncia feita pelo CENA relativa à existência de um programa de recrutamento de voluntários para o Teatro Municipal do Porto - entretanto cancelado -, foi o Sindicato informado por alguns trabalhadores que há também programas de voluntariado nos teatros nacionais D.Maria II e São João.

Percebendo pela informação pública disponível, que estes programas se encontram mais bem justificados nos seus objectivos e legalmente enquadrados do que o do TMP, não pode o Sindicato deixar de colocar algumas questões sobre os mesmos. Enviámos por isso um conjunto de perguntas aos respectivos conselhos de administração e que aqui partilhamos.

"Aos Conselhos de Administração do Teatro Nacional D.Maria II e Teatro Nacional São João

Na sequência da denúncia pelo CENA - Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espectáculo e do Audiovisual da existência de um programa de voluntariado para assistentes de sala no Teatro Municipal do Porto - celeremente cancelado pela Câmara Municipal do Porto -, teve este Sindicato conhecimento de que no Teatro Nacional D.Maria II e no Teatro nacional São João há também um programa de recrutamento de voluntários.

Sabemos que o trabalho voluntário pode ser de extrema importância. Quer no contributo dado livremente pelos cidadãos à sociedade e a causas concretas, quer no desenvolvimento pessoal dos próprios voluntários e de novas competências laborais e pessoais.
Mas também sabemos que uma entidade estatal como o TNDM II/TNSJ deve primar pela excelência nas suas diferentes valências. Objectivo só possível de alcançar com profissionais a quem sejam garantidos postos de trabalho remunerados condignamente e com todos os direitos laborais e sociais garantidos. 

Nos últimos anos assistimos a gigantescos cortes nos orçamentos das entidades públicas culturais e artísticas, com prejuízos assinaláveis para o desenvolvimento do trabalho fundamental destas instituições, bem como a uma degradação inaceitável das condições laborais e contratuais dos seus trabalhadores e trabalhadoras. Ainda assim, pela sua importância e estatuto e por serem entidades única e exclusivamente estatais, impõe-se que estas continuem a orientar-se pelas boas práticas de contratação, sob pena de contribuírem para uma maior degradação laboral de todo o tecido cultural nacional.


Percebendo pela informação pública disponível, que este vosso programa se encontra justificado nos seus objectivos e legalmente enquadrado, não pode o Sindicato deixar de colocar algumas questões sobre o mesmo:
 
1 - Qual o número de voluntários que neste momento trabalham no TNDM II/TNSJ e quais as suas funções específicas?
 
2 - Em algum momento, o TNDM II/TNSJ ocupou, permanentemente ou temporariamente, postos de trabalho reais com voluntários?
 
3 - Em algum momento, o TNDM II/TNSJ deixou de contratar trabalhadores assalariados para ocupar postos de trabalho reais preenchendo esses postos de trabalho, permanentes e/ou temporários, com voluntários?
 
4 - Recorreu o TNDM II a este programa de voluntários para suprir constrangimentos financeiros na contratação de profissionais para postos de trabalho permanentes e/ou temporários?
 
Com os melhores cumprimentos,

A direcção do CENA"