ARQUIVO
Notícias
 

Comunicado lacónico da DGArtes
há 315 semanas

"A Direção-Geral das Artes está a aguardar a conclusão dos procedimentos administrativos que decorrem das novas regras ditadas pelo Ministério das Finanças. Os Concursos Públicos de Apoio às Artes serão abertos assim que forem aprovadas as respetivas portarias de extensão de encargos."
 

Que o processo se desenrole com a rapidez necessária, é o que os profissionais das Artes e da Cultura desejam. Relembramos que os concursos pontuais de 2012, não aconteceram, apesar da garantia dada pelo Secretário de Estado da Cultura em reunião com o CENA em Maio deste ano. Esperamos que o mesmo não aconteça com estes novos concursos.

Lançamento do Boletim "CENAS"
há 315 semanas

Quisemos abrir a temporada com o novo boletim, a publicação periódica mensal do CENA, onde a partir de agora procuraremos expor breves notícias, informações e comentários, sobre as várias áreas artísticas e técnicas que o CENA representa.

Da música ao teatro, da dança ao audiovisual, do novo circo ao ensino artístico, etc, pretendemos divulgar mais conteúdos sobre estas realidades, não só ao nível do dia-a-dia de trabalho, mas também ao nível legislativo, de forma a podermos fornecer as informações de que
todos necessitamos.

O evento é aberto a sócios, não sócios e amig@s.

- Projecção de vídeo;
- "Nelma - One Woman Show" de Catarina Vieira (Teatro)
- "Screen" de Tereza Hvlickova (Dança)
- DJs

Aparece e traz amig@s! Se ainda não és sócio, podes aproveitar também, para fazer a tua inscrição durante a festa!

Evento de Facebook

 

 

Semana nacional de luta em defesa da Cultura, contra a austeridade
há 316 semanas

"O Manifesto em defesa da Cultura, dando expressão ao sentimento generalizado de alarme e indignação pelo estado da cultura e do país, convoca e promove a iniciativa ACORREI QUE MATAM A CULTURA!!! - SEMANA NACIONAL DE LUTA EM DEFESA DA CULTURA, CONTRA A AUSTERIDADE, descentralizada, a decorrer na semana de 24 a 30 de Setembro de 2012.

Esta iniciativa tem como objectivos:


Denunciar a situação de catástrofe, social, cultural e civilizacional que as políticas de austeridade do Governo e da Troika estão a provocar;

Afirmar na rua a exigência de mais investimento na cultura, da nossa meta imediata de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, tendo como objectivo a atingir gradualmente, 1% do PIB para a Cultura;

Exigir o cumprimento da Constituição da República no que toca às garantias pelo Estado de um serviço público de cultura e do livre acesso à criação e fruição culturais.

Esta semana de luta, organizada em cada região consoante o programa a anunciar por cada núcleo, será voltada para a rua, para a agitação, mobilização e consciencialização dos cidadãos. O seu programa completo será anunciado em meados de Setembro.

O Manifesto em defesa da Cultura apela a todos os cidadãos, trabalhadores da cultura e das artes, a todas as estruturas de criação e produção culturais que partilham e lutam por estes objectivos, que se juntem a esta semana de luta, participando nas suas diversas iniciativas locais.

Manifesto em defesa da Cultura"

 

VEJA AQUI O PROGRAMA NACIONAL

Evento de Facebook

CGTP-IN apresenta alternativas à actual política
há 316 semanas
CENA exige integração de professores contratados para ensino artístico
há 316 semanas

Comissão Nacional dos Professores Contratados do EAE deve ser uma realidade em breve.

CENA solicita reunião com o SEC
há 317 semanas

 

O CENA EXIGE A REABERTURA DOS CONCURSOS DE

APOIO ÀS ARTES E AO CINEMA

 

O CENA solicitou uma reunião com o Secretário de Estado da Cultura (SEC), Francisco José Viegas, para conhecer o calendário dos novos concursos às artes e ao cinema, no seguimento das promessas de que voltariam no próximo ano. O CENA pretende por outro lado conhecer a posição do Secretário de Estado em relação à RTP, nomeadamente em relação à necessidade de manutenção da RTP2 sem a qual todo o sector será destruído, e ainda debater os problemas de financiamento de Guimarães 2012 e as implicações no terreno emergentes da recente criação da GESCULT.

 

CINEMA E AUDIOVISUAL

 

1- O CENA quer conhecer as datas de reabertura dos concursos de apoio a produção cinematográfica e audiovisual. O SEC anunciou varias vezes que deveria acontecer antes do final do ano para que os novos financiamentos possam começar a ser atribuídos antes de meados de 2013. O sector hoje totalmente paralisado deve ser claramente informado desta agenda.

 

2- Queremos conhecer o plano de financiamento para celebrar os compromissos assumidos em numerosos contratos celebrados nos últimos dois anos e com financiamentos em atraso.

 

3- Relativamente a nova Lei do Cinema, já publicada no Diário da República, a sua regulamentação está por apresentar. O CENA deplora o secretismo no qual está a ser desenvolvida. Queremos lembrar ao SEC as promessas de integração das nossas propostas nestes futuros decretos, promessas feitas durante a nossa primeira audiência no Palácio das Necessidades no dia 17 de maio de 2012. Estas propostas visam a criação de um mecanismo para que os compromissos das entidades apoiadas com os profissionais sejam cumpridas. Esta medida é hoje essencial para impor ética nos gastos do dinheiro público: atrasos sucessivos e faltas de pagamento cresceram de forma escandalosa em várias produtoras nos últimos anos nas produções cinematográficas apoiadas pelo Estado.

 

DGARTES

 

O CENA quer conhecer as datas de reabertura dos concursos de apoio as produções artísticas. O Secretário de Estado da Cultura mais uma vez anunciou que deveria acontecer durante o mês de Setembro.

 

RTP

 

Um verdadeiro serviço público de televisão não pode ser garantido apenas com um ou dois canais de televisão. É fundamental manter a oferta existente do serviço público no continente, nas ilhas e internacionalmente.

Se a RTP2 desaparecer, é todo um sector de produção de conteúdos culturais, de informação e de entretenimento, dirigido a milhões de pessoas e comunidades que vai desaparecer. Onde terá lugar a promoção da oferta cultural portuguesa?

A produção de filmes e documentários nacionais e a difusão de todas as artes do espectáculo só são possíveis com um verdadeiro compromisso de um canal de televisão público.

Queremos ouvir as posições do SEC a este respeito.

 

GUIMARÃES CEC NÃO PAGA AOS ARTISTAS E OUTROS COLABORADORES

 

Não obstante as declarações assertivas – assegurando que até fim de Agosto estaria tudo pago! - que o Presidente da Fundação Cidade de Guimarães, João Serra, repetiu à exaustão junto da Comunicação Social na última semana de Agosto, por ocasião da conferencia de imprensa que o CENA então promoveu, Guimarães persevera no calote – são muitas centenas de espectáculos que não foram pagos, muitos milhares de horas de trabalho e dedicação de artistas e técnicos que não foram retribuídas, alguns milhões de euros de dividas que pesam dramaticamente na contabilidade de produtoras independentes, dos profissionais e suas famílias.

O CENA tem contactado diariamente os responsáveis sem que, infelizmente, se calendarize algum dead-line para o saneamento da descomunal dívida.

 

GESCULT – QUE GESTÃO CULTURAL?

 

A recém criada GESCULT é um agrupamento complementar de empresas que visa alterar o ordenamento jurídico de três Teatros Nacionais – D. Maria II, São Carlos e São João, da Companhia Nacional de bailado e da Cinemateca Portuguesa, numa perspectiva de optimização de recursos.

Ora justamente não nos é claro em que vai consistir esta economia, no contexto da criação de uma mega-estrutura tão complexa de gestão de entidades culturais e artísticas tão diferenciadas, nos conteúdos, objectivos bem como na distribuição territorial.

Também importa conhecer as implicações que esta medida terá na programação destes espaços, até agora praticamente inexistente.


 

Lei do Cinema publicada em Diário da República
há 318 semanas

Lei do Cinema - Lei nº55/2012

 

Informamos que esta Lei ficará disponível permanentemente no site do CENA no item "INFORMAÇÃO", sub-item "LEGISLAÇÃO".